5 dicas de como elaborar um bom artigo


Olá pessoal, tudo bem com vocês? Eu estou enlouquecendo em meio aos diversos seminários e artigos, mas confesso que também amando essa vida, e hoje estou aqui para compartilhar algumas dicas que poderão auxiliar vocês no momento de elaborar um artigo.
Ao iniciar um artigo, é importante que você tenha afinidade com o tema, e que o mesmo seja relevante, tanto para a academia como para a sociedade. Atualmente no Brasil, ocorre um grande debate a cerca deste problema, pois existe uma enorme exigência para com os acadêmicos em relação à grande produtividade de artigos científicos, fazendo com que, maior parte desta produção seja apenas mais uma somatória dentre outros trabalhos realizados.
Bom, mas para iniciar um artigo você deve:

1. Definir um tema
A escolha do tema é um momento bem importante, pois será sobre ele que você vai estudar e falar muito, e pensar constantemente. Sendo assim, aconselho que, no mínimo, você goste e tenha grande afinidade com o assunto.

2. Ler muito
A leitura causa um impacto direto no artigo, em que, quanto maior o conhecimento e domínio do autor sobre determinado assunto, maiores são as chances de atingir os objetivos da pesquisa.
Uma dica é não se prender apenas em estudos e conteúdos brasileiros, pois hoje temos diversos recursos na internet para fazer traduções, permitindo acesso a um enorme acervo mundial de produções científicas.

3. Não procrastinar e estipular metas
Sabe aquele jeitinho brasileiro? Ou então, amanhã eu faço! Seja disciplinado consigo mesmo, e faça um cronograma com as atividades a serem realizadas. Evite acumular tarefas.

4. Ter atenção com as fontes bibliográficas
Muito se discute sobre o rigor utilizado nas produções científicas. Questões de plágios e veracidade de informações permeiam a todo instante Nas academias do Brasil inteiro. 
Busque sempre autores renomados, no qual possuem propriedade no que falam e informam. Evite retirar qualquer notícia da internet sem saber a veracidade da informação.

5. Ser humilde e aceitar críticas
Não somos donos da verdade! Apenas cientistas levantando tijolinhos para construção do conhecimento, no qual cada um possui sua importância.
Cada indivíduo possui uma maneira de ver e um ponto de vista diferente, e seja qual for, deve ser respeitada. Devemos entender a crítica como um ponto positivo, um fator de contribuição para melhorar a pesquisa.

Não existe uma receita exata para a construção de um artigo, mas acredito que seguindo as dicas citadas acima, seja um início e uma maneira de minimizar as dificuldades, e digo mais, depois que vocês tomarem o gosto pela pesquisa, nunca mais vão querer deixar de estudar algo ou um objeto, e elaborar artigos científicos.

Outro aspecto importante a se pensar, está relacionado ao periódico no qual você está disposto publicar. Para quem desconhece, periódicos são revistas científicas, compostos por diversos artigos, separados e organizados por áreas. De acordo com a Qualis Capes, existem periódicos A1, A2, B1, B2, B3, B4, B5 e C sendo A1 com maior pontuação e C menor pontuação. Caso vocês tenham interesse em conhecer os periódicos e suas classificações, deixo o link para acesso:
https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/veiculoPublicacaoQualis/listaConsultaGeralPeriodicos.jsf , e também coloco-me a disposição para responder qualquer dúvida que vier surgir.

Espero que tenham gostado, e que esse post venha ajudar muito vocês.

Ficam os meus endereços eletrônicos para sugestões e comentários:
                


Beijos, Marianne!

Aproveite para nos acompanhar nas nossas redes sociais:

Comentários

  1. Mari, você arrasou neste post. Orgulho de ter você na nossa equipe!! Parabéns!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Coloque aqui sua dúvida, sugestão, opinião... obrigada por acessar o blog.

Postagens mais visitadas