Pular para o conteúdo principal

O desenho no projeto da paisagem - Edward Hutchison | GG Brasil


O desenho no projeto da paisagem trata da importância do desenho para aprender a visualizar e a explicar projetos de grande escala e demonstra que, ao longo do processo de projeto, os desenhos feitos à mão são um complemento ideal para os desenvolvidos em computador'.
Um livro incrível, para estudantes e profissionais de paisagismo, como também arquitetura e urbanismo. Fiquei super feliz quando recebi ele da GG Brasil, pois é uma editora especializada em livros de arquitetura, design, moda, arte e fotografia. A diagramação e a capa do livro é ótima, colorida e inspiradora, assim como seu conteúdo.

Qualquer pessoa pode desenhar, mesmo que pense não possuir habilidade. 

Fala sobre a importância que o desenho tem para que possamos aprender a visualizar e explicar projetos, e como os desenhos à mão, os croquis, complementam os que são desenvolvidos no computador. São mais de 500 ilustrações coloridas e também conta com exemplos internacionais, nos mostra desde croquis como desenhos técnicos para apresentação, e como ambos devem caminhar juntos.


Os desenhos e textos são de fácil compreensão, além de nos dar informações de materiais utilizados para desenvolver o desenho, como seu contexto. É ótimo para quem está procurando um livro onde você aprende e ao mesmo tento relaxa. 



Lendo o livro, pude lembrar do medo que tinha (e às vezes tenho), de desenhar, e como muitas vezes deixo de fazer isso por pensar que não vai ficar bom ou que os outros vão achar, esquecendo que o desenho é importante para que eu desenvolva um melhor projeto, e que ele me fará pensar em pontos que não pensaria. O desenho é uma prática, temos que sempre estar treinando para desenvolver melhores técnicas e encontrar aquela com que mais nos identificamos.



Sobre o autor:
Edward Hutchison estudou design de interiores na Kingston School of Art, é mestre em design ambiental pelo Royal College of Art, arquitetura da paisagem pela Thames Polytechnic e arquitetura pela Architectural Association, todas estas em Londres. Mais tarde, trabalhou no departamento de arquitetura do distrito de Hammersmith & Fulham (1973-1984) e no Foster & Partners (1985-1991), escritório do qual passou a ser associado a partir de 1988. Atualmente, é diretor de seu próprio escritório de arquitetura da paisagem em Londres. Sua obra recebeu numerosos prêmios e seus desenhos foram objeto de uma exposição intitulada Drawing Space realizada em 2009 no Garden Museum de Londres. 

Assista nosso vídeo:


Mais informações: Conteúdo Livro.

Aproveite para nos acompanhar nas nossas redes sociais:


Bisou, Helo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mostra Casa Chapecó traz conceito Urban Style – Morar inteligente, onde o essencial é a tendência

O morar bem exige sofisticação e elegância junto à funcionalidade. A Mostra Casa Chapecó vem para inspirar e traz como conceito o Urban Style – Morar Inteligente, onde o essencial é a tendência. Em sua primeira edição, o evento de arquitetura, decoração e paisagismo apresenta o estilo prático e refinado de se morar, com a mescla entre o moderno e o antigo, pautados no conceito que tomará conta dos ambientes da Mostra.
            De acordo com o coordenador de execução de obras da mostra e sócio da Ahazô Marketing e Eventos, João Paulo Santos, o evento vai mostrar elegância e modernidade aliado a personalidade das ruas para a residência. “A casa também pode ser o escritório, pois permite abrigar espaços artísticos e intelectuais de maneira integrada, reconectando com o centro da cidade e trazendo o jardim para dentro, com móveis minimalistas, mas funcionais”. Ressalta ainda que na Mostra, antiguidades e artigos contemporâneos se intercalam e o antigo encontra o novo.
Além de trazer as …

Em alta: Subway Tiles (Azulejos de metrô)

Já faz algum tempo que os subway tiles vem reconquistando seu espaço. Seja em banheiros, cozinhas e até outros ambientes, eles contrapõem os coloridos ladrilhos hidráulicos, e se diversificam nas novas formas de paginação. Com um aspecto mais simples porém não menos charmoso, se torna urbano, romântico, divertido, diferente. Um revestimento que está sendo usado de diversas formas.  Sua origem podemos dizer que veio dos subsolos/metrôs, principalmente de Paris e londres, e invadiram as residencias e comércios.


Encontramos ele presente também em um estilo de decoração que também está muito em alta, a decoração escandinava (veja aqui), com variedades de tons são aplicados em diversos ambientes. Retangulares nos dão várias opções de paginação, horizontal, vertical, diagonal... Sem contar que a escolha da cor do rejunte também influenciará sua intenção no projeto. O tradicional é o rejunte escuro, criando um estilo retrô e relembrando sua aplicação nos metrôs. Mas é possível também inovar…

CASACOR SC 2017, edição de Florianópolis, anuncia suas estrelas

A CASACOR SANTA CATARINA 2017 acontece de 10 de setembro a 22 de outubro, no casarão da Praça Getúlio Vargas, antigo Asylo de Órphãs São Vicente de Paulo da IDES (Irmandade do Divino Espírito Santo). Um imóvel centenário tombado pelo município, que já foi ocupado pelo IPUF, Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis. Ao todo serão 28 ambientes divididos em 3 pavimentos com espaços que vão desde 20m2 a 170m2.  Grandes nomes da arquitetura catarinense confirmaram presença neste grande evento.
Reconhecida e definida como a maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas, a CASACORtraz este ano como tema, o “Design mais perto das pessoas”, com projetos, soluções e ideias dos melhores profissionais do segmento, que levarão ao consumidor a preocupação com o design e sua função, forma, experiência e sobrevivência no cenário atual.
Com o foco no essencial, os franqueados Luiz e Francis Bernardo receberam a missão de transformar o imóvel centená…