Pular para o conteúdo principal

O que fazer antes de começar um projeto arquitetônico/urbanístico?


Atualmente vivemos correndo para concluir todas nossas atividades no prazo. O tempo geralmente é o culpado de tudo o que não dá certo, e na hora de desenvolver um projeto (principalmente na faculdade) ficamos perdidos, sem saber por onde começar. Mesmo participando das aulas, tirando dúvidas, chega a hora de colocar a mão na massa e projetar, nós na maioria das vezes vemos que ainda está faltando muita coisa para solucionar no projeto, e se não da mais tempo de voltar alguns passos, o resultado não é nem um pouco positivo (experiência própria).

Depois de muitas aulas de projeto, erros e acertos, decidi que preciso tirar um "tempo" para eu estudar mais como desenvolver um bom projeto, o que vai estar me ajudando, o que preciso pesquisar, ler, estudar mesmo. Então revendo alguns pontos que já aprendi, e vendo que quando utilizei eles, deu certo, resolvi compartilhar eles com vocês. Não é segredo, e com certeza vocês já ouviram muito sobre, mas eu conclui que são passos fundamentais para que se desenvolva um bom projeto.

A análise do terreno onde será implantado o projeto é extremamente importante. É incrível quando vemos um projeto e temos a sensação  de que quem projetou não teve contato nenhum com o terreno. É preciso saber quais os limites do terreno, se existem vegetações presente (e se elas podem ser retiradas ou não), topografia e irregularidades do terreno, a legislação do terreno. Pontos bem técnicos e que fazem toda a diferença, é estudando e resolvendo os problemas existentes no terreno, que você terá várias direções para seu projeto.  Entenda o terreno.
 ________

Assim como conhecer o terreno, conhecer e VIVENCIAR o entorno é fundamental. O projeto tem que se comunicar com seu entorno, respeitar o que já está lá. Você tem que saber o que tem ao redor, o que falta também, quem vive por ali, como é o fluxo de pessoas, circulação, estilo arquitetônico predominante. Tudo isso com certeza vai te trazer muitas soluções mais para frente.
_________

Já conhecendo o terreno e seu entorno, você poderá desenvolver um melhor programa de necessidades, você deve dominar ele. Nesse ponto você vai unir todas as informações que já tem do terreno, assim como seu briefing com o cliente para estar vendo o que é mais adequado ou não, se dá de acrescentar ou até mesmo modificar algo. Um bom programa de necessidades ajudará a definir os zoneamentos, layout, etc.
_________

As pesquisas para o projeto a ser desenvolvido, deve ser muito bem feita. Buscar referências projetuais, é indispensável, ajudará a definir estratégias, soluções, além de abrir sua mente para novas possibilidades - não se apegue a primeira ideia -, mas lembre-se de procurar projetos que tenham alguma ligação com o que precisa, seja função, forma, topografia, tipologia, etc. São elas que vão te ajudar a definir fluxos, formas, materiais. E falando em materiais, tenha referências também de materiais e sistemas construtivos, para poder escolher as melhores opções no seu projeto. 
_________

Sim, relaxe. Não adianta ficar na pressão, assim não vai sair nada. Depois de ter obtido todas as informações necessárias (apesar de sempre ir surgindo novas), tire um tempo para relaxar e ativar sua criatividade para então desenvolver o projeto. Corra, caminhe, vá para praia, campo, jogue, leia, faço aquilo que te dá prazer. RELAXE. Assim você voltará muito mais focado para o projeto,e com certeza facilitará muito o processo de criação, seja para uma casa, escola, praça, hospital, etc. 
_________

Esses pontos podem parecer simples, ou ás vezes complicado para vocês, porém na minha (pouca) experiência, vi o quanto são importantes, e a diferença que faz quando você domina eles ou não. Pode dar um trabalho inicial maior, porém facilitará no final, além de você desenvolver um projeto muito mais completo. Isso com certeza irá se destacar.

Espero que tenham gostado. Até o próximo.

Imagens usadas para as montagens: Chad McDonald.

Aproveite para nos acompanhar nas nossas redes sociais:


Bisou, Helo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mostra Casa Chapecó traz conceito Urban Style – Morar inteligente, onde o essencial é a tendência

O morar bem exige sofisticação e elegância junto à funcionalidade. A Mostra Casa Chapecó vem para inspirar e traz como conceito o Urban Style – Morar Inteligente, onde o essencial é a tendência. Em sua primeira edição, o evento de arquitetura, decoração e paisagismo apresenta o estilo prático e refinado de se morar, com a mescla entre o moderno e o antigo, pautados no conceito que tomará conta dos ambientes da Mostra.
            De acordo com o coordenador de execução de obras da mostra e sócio da Ahazô Marketing e Eventos, João Paulo Santos, o evento vai mostrar elegância e modernidade aliado a personalidade das ruas para a residência. “A casa também pode ser o escritório, pois permite abrigar espaços artísticos e intelectuais de maneira integrada, reconectando com o centro da cidade e trazendo o jardim para dentro, com móveis minimalistas, mas funcionais”. Ressalta ainda que na Mostra, antiguidades e artigos contemporâneos se intercalam e o antigo encontra o novo.
Além de trazer as …

Em alta: Subway Tiles (Azulejos de metrô)

Já faz algum tempo que os subway tiles vem reconquistando seu espaço. Seja em banheiros, cozinhas e até outros ambientes, eles contrapõem os coloridos ladrilhos hidráulicos, e se diversificam nas novas formas de paginação. Com um aspecto mais simples porém não menos charmoso, se torna urbano, romântico, divertido, diferente. Um revestimento que está sendo usado de diversas formas.  Sua origem podemos dizer que veio dos subsolos/metrôs, principalmente de Paris e londres, e invadiram as residencias e comércios.


Encontramos ele presente também em um estilo de decoração que também está muito em alta, a decoração escandinava (veja aqui), com variedades de tons são aplicados em diversos ambientes. Retangulares nos dão várias opções de paginação, horizontal, vertical, diagonal... Sem contar que a escolha da cor do rejunte também influenciará sua intenção no projeto. O tradicional é o rejunte escuro, criando um estilo retrô e relembrando sua aplicação nos metrôs. Mas é possível também inovar…

CASACOR SC 2017, edição de Florianópolis, anuncia suas estrelas

A CASACOR SANTA CATARINA 2017 acontece de 10 de setembro a 22 de outubro, no casarão da Praça Getúlio Vargas, antigo Asylo de Órphãs São Vicente de Paulo da IDES (Irmandade do Divino Espírito Santo). Um imóvel centenário tombado pelo município, que já foi ocupado pelo IPUF, Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis. Ao todo serão 28 ambientes divididos em 3 pavimentos com espaços que vão desde 20m2 a 170m2.  Grandes nomes da arquitetura catarinense confirmaram presença neste grande evento.
Reconhecida e definida como a maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas, a CASACORtraz este ano como tema, o “Design mais perto das pessoas”, com projetos, soluções e ideias dos melhores profissionais do segmento, que levarão ao consumidor a preocupação com o design e sua função, forma, experiência e sobrevivência no cenário atual.
Com o foco no essencial, os franqueados Luiz e Francis Bernardo receberam a missão de transformar o imóvel centená…