Pular para o conteúdo principal

Colégio Positivo Internacional - Curitiba, PR | Análise de referências


Olá pessoal!!

Hoje vou compartilhar com vocês um dos projetos que estou analisando para ter referências para o projeto que terei que desenvolver de uma escola fundamental para a disciplina de projeto 3. Como eu tenho que fazer essas análises/avaliações de 3 projetos de escolas para eu poder ter algumas referências para então desenvolver o projeto desse semestre, aproveitei para tornar essas análises posts aqui para o blog, e quem sabe de alguma forma colaborar com você que nos acompanha. Não será uma análise formal ou um estudo de caso como alguns que já temos aqui no blog, e sim alguns pontos do projeto que identifiquei interessante para eu poder criar um banco de referências. Espero que vocês gostem!!

E para começar, a primeira obra analisada será o Colégio Positivo Internacional. 


Local: PR, Brasil | Início do projeto: 2012 | Conclusão da obra: 2013

Área do terreno: 428.822 m² | Área construída: 4.933 
MCA Manoel Coelho Arquitetura & Design
Manoel Coelho (direção geral)
Antonio Elias Abrão (coordenação de projetos)
Carolina Henares (assistente de coordenação)
Andressa Kreusch, Andréia Ferrari, Erick Ribeiro, Pedro Pavone e Roberta Perozza (colaboradores)
Engenharia Estrutural - Estrutura de Concreto: Kalkulo Engenharia.

Níveis de ensino: Educação Infantil (Pré I e Pré II), Ensino Fundamental I e Ensino Fundamental II.

Localização: Implantado dentro do campus da Universidade Positivo. Com isso foi possível aproveitar toda a infra-estrutura disponível.


Uma obra que vista de longe parece ser impermeável, porém ao se aproximar você percebe a integração do interno com o externo, e que do interior é possível ver a relação com o exterior, assim o usuário tem a sensação de amplitude. Como exemplo a biblioteca envidraçada.

Fachada com Brises que nos remete a sensação de uma barreira visual quando se olha do exterior.
Relação interior x exterior. 
Permeabilidade Visual na Biblioteca.
Partido: Alinhado à filosofia ambiental da instituição e buscando inspirar os seus alunos, o partido adota várias estratégias sustentáveis: aproveitamento dos platôs existentes para minimizar o impacto no local, gestão de resíduos na obra, correta orientação solar, aproveitamento da luz natural através de zenital e brises, seleção de materiais, consumo sustentável de água, reaproveitamento de águas pluviais, eficiência energética, conforto térmico, visual e acústico, paisagismo com espécies nativas. 

Pode-se ver que a topografia do terreno foi usada a favor do projeto, minimizando o impacto no local.
Organização/Setorização: O programa se organiza através de um monobloco linear onde estão alocadas as salas de aula e laboratórios; um volume irregular que abriga as funções singulares, como biblioteca, administração e sala de professores; e o pátio coberto, que articula os setores e é o grande espaço de convívio dos alunos. A permeabilidade visual é explorada sempre que possível, integrando o microcosmo do colégio ao conjunto da universidade.

Espaço de convívio para alunos, funcionário e familiares.
Monobloco linear e volume irregular. Podemos ver os corredores das salas de aula, pátio coberto com pluralidade de usos, biblioteca, uso da topografia, e a relação entre os setores.
Podemos ver novamente o monobloco linear das salas de aula, e o pátio coberto, vemos também que são interligados pela circulação vertical.
Corredores das salas de aula com equipamentos (bancos, lixeiras, espaço de exposições dos trabalhos dos alunos, etc.).
Salas de aula que permite modificação de layout conforme atividade desejada.
Passarela ampla, que liga o monobloco linear a biblioteca.

Nessa imagem podemos ver a distribuição vertical é um fator importante para interligação dos setores.
Aqui podemos ver que o material aplicado nos permite contato com o exterior, fazendo também com que nos localizamos onde estamos.
Soluções tecnológicas adotadas: A solução estrutural escolhida pelo escritório mescla o uso do concreto in loco no bloco linear às estruturas metálicas no volume irregular. “Nas vedações do trecho metálico foram utilizadas peles de vidro e painéis em telhas metálicas, trabalhadas de forma opaca ou perfurada, nos locais facilmente vistos. Ao mesmo tempo, foi aproveitada a entrada de luz natural para o ambiente do pátio, reforçada pela iluminação zenital do jardim interno e da escada principal de circulação vertical” relata Manoel.

Iluminação Zenital.
Iluminação Natural.
Brises, peles de vidro e painéis em telhas metálicas.
Peles de vidro e painéis em telhas metálicas.
Particularidades do projeto: 

Água - Metais e louças e­cientes:
 • Utilização de arejadores em todas as torneiras, que misturam ar à água e, assim, diminuem a vasão. Com os arejadores, o consumo de água cai 88% nas torneiras: de 6 litros/minuto de uma torneira comum para 1,8 litros/minuto.
 • Instalação de equipamentos de descarga (para vasos e mictórios), que reduzem o consumo de água em 65%.

Captação de águas pluviais para reuso. O Colégio Positivo Internacional faz a captação de águas pluviais, as quais são armazenadas em cisternas e utilizadas para: 
• Descargas dos vasos e mictórios.
• Irrigação dos jardins e paisagens externas.
 • Circulação no sistema de aquecimento do piso do térreo.

Paisagismo.
• Os jardins do Colégio Positivo Internacional foram montados com plantas nativas da região de Curitiba, que são mais adaptadas ao clima local. Assim, precisam de menos irrigação artificial, diminuindo o consumo de água.
 • Quando a irrigação é necessária, é feita com águas pluviais armazenadas nas cisternas.

Economia total de água:
 • O uso de metais e louças eficientes somado ao reaproveitamento de água da chuva permitem uma economia de água de 80%, em comparação com padrões de mercado.

Cisternas.
Energia - Iluminação:
• Vidros laminados, com propriedade acústica e térmica, permitem apenas a entrada de luz nas salas.
• Instalados do lado de fora das salas, os breezes possibilitam controle da entrada de luz .
• Um sistema automatizado reconhece a quantidade de luz natural que entra pela janela e, de acordo com a intensidade da iluminação solar, ajusta a intensidade da luz artificial na sala. Assim, em dias ensolarados, as luminárias da sala operam com menor uso de energia, garantindo o mesmo conforto visual.
• Fora das salas de aula, nos demais espaços do Colégio Positivo Internacional, também há o aproveitamento da luz natural. O pátio conta com placas translúcidas que permitem a passagem de luz (iluminação zenital), além de luminárias inteligentes.
• O aproveitamento de luz natural e os sistemas inteligentes de iluminação permitem uma economia de energia de 75%, em comparação com padrões de mercado.

Energia/Conforto térmico - Ventilação e aquecimento:
No Colégio Positivo Internacional, também há redução do uso de energia em função do controle de temperatura, que dispensa o uso de ar condicionado. Isso acontece por meio de: 
• Paredes mais pesadas, que permitem mais controle de temperatura. 
• Telhado branco, que reflete os raios solares e evita ilhas de calor. 
• Sistema de ventilação natural cruzada nas salas de aulas, com amplas janelas e portas em lados opostos das salas. Além da economia de energia, o sistema de ventilação cruzada resulta na melhoria na qualidade do ar no interior da edificação, o que diminui a incidência de gripe, dor de cabeça, bronquite, asma e alergias.
• Sistema de aquecimento do piso, no qual a água reaproveitada da chuva, depois de aquecida a gás, circula em um circuito fechado. O calor é irradiado para o ambiente, proporcionando calefação quando necessária. 
• Termostato para adequação da temperatura, instalado em salas do térreo.
*Biblioteca:
 • Pé direito alto, de cerca de 7 metros, permite que o ambiente seja fresco pelo fato de o ar quente, que é mais leve, subir, e o ar frio, mais pesado, descer. 
• Vãos entre as amplas janelas e as colunas de sustentação proporcionam entrada e saída do ar.



Conforto acústico:
• Todas as salas de aula contam com forro acústico, feito de material não tóxico e branco, que reflete a luz.

Forro Acústico.
Sites consultados:

Espero que vocês tenham gostado! Se quiserem comentar os pontos que acharam interessante ou algum conflito arquitetônico fiquem a vontade!

Bisou, Helo.

Comentários

  1. A escola é essa lindeza toda que vc diz, realmente. Porém não acho que seja uma escola segura para crianças, visto que não há proteção nenhuma nos andares superiores (telas/redes de proteção) pois as crianças conseguem escalar o guarda-corpo. Essa questão já foi discutida à exaustão com a escola, que se nega a colocar as redes...Acho que para não atrapalhar a "beleza arquitetônica" da escola...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Obrigada por comentar. Bom saber dessa parte. Acredito que deve existir uma solução para isso, de maneira que não agrida a arquitetura, porém eles não devem querer investir. A administração de uma obra arquitetônica é tão importante quanto ela, para que realmente ela tenha toda sua função. Espero que logo concertem isso!
      Beijos

      Excluir

Postar um comentário

Coloque aqui sua dúvida, sugestão, opinião... obrigada por acessar o blog.

Postagens mais visitadas deste blog

Em alta: Subway Tiles (Azulejos de metrô)

Já faz algum tempo que os subway tiles vem reconquistando seu espaço. Seja em banheiros, cozinhas e até outros ambientes, eles contrapõem os coloridos ladrilhos hidráulicos, e se diversificam nas novas formas de paginação. Com um aspecto mais simples porém não menos charmoso, se torna urbano, romântico, divertido, diferente. Um revestimento que está sendo usado de diversas formas.  Sua origem podemos dizer que veio dos subsolos/metrôs, principalmente de Paris e londres, e invadiram as residencias e comércios.


Encontramos ele presente também em um estilo de decoração que também está muito em alta, a decoração escandinava (veja aqui), com variedades de tons são aplicados em diversos ambientes. Retangulares nos dão várias opções de paginação, horizontal, vertical, diagonal... Sem contar que a escolha da cor do rejunte também influenciará sua intenção no projeto. O tradicional é o rejunte escuro, criando um estilo retrô e relembrando sua aplicação nos metrôs. Mas é possível também inovar…

Mostra Casa Chapecó traz conceito Urban Style – Morar inteligente, onde o essencial é a tendência

O morar bem exige sofisticação e elegância junto à funcionalidade. A Mostra Casa Chapecó vem para inspirar e traz como conceito o Urban Style – Morar Inteligente, onde o essencial é a tendência. Em sua primeira edição, o evento de arquitetura, decoração e paisagismo apresenta o estilo prático e refinado de se morar, com a mescla entre o moderno e o antigo, pautados no conceito que tomará conta dos ambientes da Mostra.
            De acordo com o coordenador de execução de obras da mostra e sócio da Ahazô Marketing e Eventos, João Paulo Santos, o evento vai mostrar elegância e modernidade aliado a personalidade das ruas para a residência. “A casa também pode ser o escritório, pois permite abrigar espaços artísticos e intelectuais de maneira integrada, reconectando com o centro da cidade e trazendo o jardim para dentro, com móveis minimalistas, mas funcionais”. Ressalta ainda que na Mostra, antiguidades e artigos contemporâneos se intercalam e o antigo encontra o novo.
Além de trazer as …

CASACOR SC 2017, edição de Florianópolis, anuncia suas estrelas

A CASACOR SANTA CATARINA 2017 acontece de 10 de setembro a 22 de outubro, no casarão da Praça Getúlio Vargas, antigo Asylo de Órphãs São Vicente de Paulo da IDES (Irmandade do Divino Espírito Santo). Um imóvel centenário tombado pelo município, que já foi ocupado pelo IPUF, Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis. Ao todo serão 28 ambientes divididos em 3 pavimentos com espaços que vão desde 20m2 a 170m2.  Grandes nomes da arquitetura catarinense confirmaram presença neste grande evento.
Reconhecida e definida como a maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas, a CASACORtraz este ano como tema, o “Design mais perto das pessoas”, com projetos, soluções e ideias dos melhores profissionais do segmento, que levarão ao consumidor a preocupação com o design e sua função, forma, experiência e sobrevivência no cenário atual.
Com o foco no essencial, os franqueados Luiz e Francis Bernardo receberam a missão de transformar o imóvel centená…