Pular para o conteúdo principal

Entrevista com a arquiteta Carol Wambier

A entrevista de hoje é com a talentosa arquiteta Carol Wambier. Ela é formada em arquitetura pela UFRJ (2000). Ama desenhar, viajar, e já publicou diversos trabalhos em impressos.  Fez algumas exposições e também lecionou em cursos de design de interiores entre outros. 
A Pouco tempo gravou vários episódios para o programa "Olho Mágico - reforma de vizinhos" no canal GNT, e conquistou a todos com sua espontaneidade e simpatia, sem contar o resultados dos ambientes que ficaram maravilhosos.
Entramos em contato com ela, e ela super atenciosa aceitou responder algumas perguntas aqui para o blog! E vocês poderão conferir agora. Vamos lá?

archlife: O que te motivou a cursar arquitetura?
Carol Wambier: Eu sempre me interessei por arquitetura, mesmo vindo de uma família em que ninguém era arquiteto. Minhas primeiras brincadeiras de que tenho lembrança eram sempre coisas de montar, de projetar. Eu adorava fazer casas, mapas, cidades. 

AL: Qual foi o maior desafio para entrar no mercado após formada?
CW: Quando eu me formei eu já estagiava num escritório de design de interiores e esse escritório me contratou como arquiteta e alguns anos depois me tornei sócia dele. Paralelamente fiz muitos projetos de graça para amigos, no começo pelo prazer de executar um projeto e pelo desafio de retribuir a confiança que me foi dada.
                           
AL: Quais são suas principais referências tanto na arquitetura como no design?

CW: Gosto muito da arquitetura contemporânea dos Japoneses: tudo muito simples misturando tradição e futuro. No design gosto das coisas mais ingênuas, usadas e antigas, velhas mesmo.
Mas minhas maiores referencias estéticas vêm de outros campos que não são arquitetura. Adoro arte, moda e música.

AL: O que mais inspira você no processo criativo de um projeto?

CW: Fazer uma coisa que me surpreenda e que esteja inserida no meu tempo, na minha cidade, meu país.
Adoro também trabalhar com limites. Eles são para mim “ferramentas de criatividade”.

AL:Como você vê a arquitetura no Brasil?
CW: Vejo uma arquitetura muito focada na venda e respondendo a questões de um cliente sem muita bagagem estética. Vejo muitos arquitetos trabalhando a serviço de incorporadoras pouco aventureiras. Em São Paulo, porém, começo a ver um movimento capitaneado pela incorporadora Zarvos apoiando e executando design de ponta. Tenho certeza que é uma incorporadora que está expandindo e lucrando então não vejo porque outras não poderiam seguir o mesmo rumo.

AL: Qual a sua visão sobre arquitetura e design de interiores?
CW: Sou formada pela FAU UFRJ, então a arquitetura modernista pra mim é minha base fundamental. Acredito que arquitetura pode mudar a maneira como vivemos, aprecio a beleza da verdade arquitetônica, no desenho mais simples e puro.
Em contrapartida o design de interiores muitas vezes fala de fantasia, personagem e de cenário.
A arquitetura e o design de interiores são dois campos bastante diferentes, um me alivia do outro e também me ativa o outro. De vez em quando os dois se encontram.

AL: Como surgiu o convite para o programa Olho Mágico na GNT?
CW: Eu já havia trabalhado para um programa do GNT alguns anos atrás, o “+D: Aberto para Reformas”. Quando me telefonaram convidando para fazer os testes para o “olho mágico” pensei: eu consigo fazer isso aí; não é fácil, nem difícil pra mim. Fui fazer os testes e passei.

AL: Qual o maior desafio ao fazer dois projetos em 48h?          
CW: O maior desafio é interpretar as necessidades de cada morador através do vizinho e depois orquestrar uma equipe que trabalha duro pra entregar no prazo. Mas o bom humor salva tudo! Eu me divirto muito fazendo.

AL: Qual sua mensagem para estudantes de arquitetura/design?
CW: Eu diria que desenhar deveria ser tão fácil para um designer quanto falar. Um bom designer  deve falar através do desenho. Ter um sketch book na mão e ir apreendendo o mundo através dele é o melhor começo.

Veja alguns ambientes da Carol para o programa Olho Mágico - reforma de vizinhos.






Vocês já conheciam a Carol? Uma querida né! Mais uma vez agradecemos pela entrevista e desejamos tudo de melhor para você Carol!

Até a próxima! 
Bisous,


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mostra Casa Chapecó traz conceito Urban Style – Morar inteligente, onde o essencial é a tendência

O morar bem exige sofisticação e elegância junto à funcionalidade. A Mostra Casa Chapecó vem para inspirar e traz como conceito o Urban Style – Morar Inteligente, onde o essencial é a tendência. Em sua primeira edição, o evento de arquitetura, decoração e paisagismo apresenta o estilo prático e refinado de se morar, com a mescla entre o moderno e o antigo, pautados no conceito que tomará conta dos ambientes da Mostra.
            De acordo com o coordenador de execução de obras da mostra e sócio da Ahazô Marketing e Eventos, João Paulo Santos, o evento vai mostrar elegância e modernidade aliado a personalidade das ruas para a residência. “A casa também pode ser o escritório, pois permite abrigar espaços artísticos e intelectuais de maneira integrada, reconectando com o centro da cidade e trazendo o jardim para dentro, com móveis minimalistas, mas funcionais”. Ressalta ainda que na Mostra, antiguidades e artigos contemporâneos se intercalam e o antigo encontra o novo.
Além de trazer as …

Em alta: Subway Tiles (Azulejos de metrô)

Já faz algum tempo que os subway tiles vem reconquistando seu espaço. Seja em banheiros, cozinhas e até outros ambientes, eles contrapõem os coloridos ladrilhos hidráulicos, e se diversificam nas novas formas de paginação. Com um aspecto mais simples porém não menos charmoso, se torna urbano, romântico, divertido, diferente. Um revestimento que está sendo usado de diversas formas.  Sua origem podemos dizer que veio dos subsolos/metrôs, principalmente de Paris e londres, e invadiram as residencias e comércios.


Encontramos ele presente também em um estilo de decoração que também está muito em alta, a decoração escandinava (veja aqui), com variedades de tons são aplicados em diversos ambientes. Retangulares nos dão várias opções de paginação, horizontal, vertical, diagonal... Sem contar que a escolha da cor do rejunte também influenciará sua intenção no projeto. O tradicional é o rejunte escuro, criando um estilo retrô e relembrando sua aplicação nos metrôs. Mas é possível também inovar…

CASACOR SC 2017, edição de Florianópolis, anuncia suas estrelas

A CASACOR SANTA CATARINA 2017 acontece de 10 de setembro a 22 de outubro, no casarão da Praça Getúlio Vargas, antigo Asylo de Órphãs São Vicente de Paulo da IDES (Irmandade do Divino Espírito Santo). Um imóvel centenário tombado pelo município, que já foi ocupado pelo IPUF, Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis. Ao todo serão 28 ambientes divididos em 3 pavimentos com espaços que vão desde 20m2 a 170m2.  Grandes nomes da arquitetura catarinense confirmaram presença neste grande evento.
Reconhecida e definida como a maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas, a CASACORtraz este ano como tema, o “Design mais perto das pessoas”, com projetos, soluções e ideias dos melhores profissionais do segmento, que levarão ao consumidor a preocupação com o design e sua função, forma, experiência e sobrevivência no cenário atual.
Com o foco no essencial, os franqueados Luiz e Francis Bernardo receberam a missão de transformar o imóvel centená…