Design para todos - em favor da acessibilidade


Cada dia mais pessoas com mobilidade reduzida tem conseguido ganhar seu espaço, e não um espaço com aparência de hospital, adaptado para o usuário, e sim um ambiente acessível e todo planejado para ele, de uma forma que todos possam desfrutar desse ambiente, sem constrangimentos. Isso podemos chamar de "design para todos". E vale lembrar que em questão de custo, quando um ambiente é planejado desde o início para ser acessível vai sair bem mais em conta do que se futuramente ter que fazer uma reforma.
Algumas dicas são essenciais e com elas você pode planejar um ambiente aconchegante e funcional, onde o usuário com deficiência não terá que ficar pedindo ajuda para alguém, ele poderá fazer o que quiser e quando quiser!
Uma das dicas é você procurar um profissional (design de interiores) para te auxiliar nesse projeto, onde ele poderá lhe mostrar as melhores soluções para cada ambiente, e fazer um melhor aproveitamento do espaço.


Criei uma lista com vários pontos importantes para se pensar na hora de planejar esse espaço:
  • Móveis com cantos arredondados - reduziram impactos em caso de choques;
  • Tomadas com altura de 40 cm do chão - ajudam no uso de eletros;
  • Janelas com peitoril de 70 cm;
  • Tapetes embutidos - diminui o risco de tropeçar;
  • Sofás sem um dos braços - ajuda na hora de se mover da cadeira de rodas para o sofá;
  • Rodapés mais altos - ajuda a não bater os pés na parede;
  • Mesas com um pouco mais de 73cm de altura - facilita na hora de encaixar a cadeira de rodas;
  • Porta deslizante com trilho fixado no teto - assim o chão fica livre;
  • Corredores largos, e com barras de apoio;
  • Paredes com cores diferentes do piso;
  • Camas com +ou- 46 cm de altura - ajudam a se mover da cadeira de rodas para a cama;
  • Alavanca na descarga do banheiro - facilita o uso;
  • Espelhos com inclinação de 10° permitem que cadeirantes possam visualizar todo seu corpo;
  • Roupeiros com porta de correr e com cabideiro que tenha puxador;
  • Posicionar eletrodomésticos entre 80 a 120 cm do chão;
  • Tanque com 85 cm do chão e com espaço livre embaixo - assim o cadeirante pode usar sem problemas;
  • Utilizar portas mais largas, com 90cm;
  • As barras para banheiro devem atender à Norma 9050 da ABNT – que estabelece dimensões e resistência apropriadas – e ainda às normas NBR 10283 e NBR 11003, que se referem à resistência à corrosão;
  • O ideal é que no chuveiro não tenha fechamento de box, para evitar colisões.

Outro ponto importante é você deixar espaço para circulação, se possível  posicionar a maioria dos móveis na parede, deixando espaço livre para o cadeirante poder se mover, girar a cadeira, sem bater em nada. Procure também manter um intervalo maior entre os móveis e se possível ter móveis mais compactos, facilitando assim a circulação.
Nos quartos, colchas e almofadas bem escolhidas que cubram e disfarcem um pouco o aspecto hospitalar dos móveis (camas e cadeiras articuladas) vão trazer maior aconchego. Bancadas com espaço livre em baixo, ajudam a aproximação e giro da cadeira de rodas.
Confira mais imagens:










Infelizmente hoje ainda móveis planejados e que nos ajudam a poder aproveitar melhor o espaço não são tão acessíveis em questão de custo, e com isso nem todos os deficientes físicos tem acesso a acessibilidade, mas sim conseguem adaptar o espaço que possuem para conseguir ter uma qualidade de vida melhor. Acredito que com a constante divulgação da importância de um ambiente onde a pessoa possa se sentir confortável, ajudará para que indústrias de móveis e outras empresas criem móveis que sejam esteticamente bonitos e funcionais e claro com um valor acessível para todos.

Se você é cadeirante ou possui algum outro tipo de deficiência, nos conte quais são suas dificuldades com a acessibilidade, e como você luta por seu espaço!

Referências:
http://www.acessoirrestrito.org/disposicao-dos-moveis-em-uma-casa-para-deficientes-fisicos/
http://casa.abril.com.br/materia/ambientes-adaptados-para-idosos-obesos-e-pessoas-com-deficiencia#1
http://revista.zapimoveis.com.br/veja-10-dicas-para-adaptar-a-casa-para-portadores-de-deficiencia-fisica/
http://www.deficienteciente.com.br/2011/09/ideias-incriveis-para-um-apartamento-adaptado.html

Bisous,


2 comentários:

  1. Pra mim, o profissional que consegue aliar ao design, a praticidade, é o melhor profissional que você poderá contratar.
    Ótimas sugestões! <3
    Sucesso no blog!

    ResponderExcluir

Coloque aqui sua dúvida, sugestão, opinião... obrigada por acessar o blog.

DESCOBRINDO AS CORES | GUIA DE CORES | EP 1

Olá pessoal!!! Hoje dou início a nossa primeira série de vídeos lá no canal!, o GUIA DE CORES!! Serão 5 vídeos, toda segunda-feira d...