Visita técnica - Supertex, soluções em concreto


No dia 4 de outubro (sábado), a nossa turma de Tecnologia da Construção, foi fazer uma visita técnica na Supertex - Soluções em concreto. Nessa visita podemos aprender mais de como é fabricado o concreto, quais são os setores dessa empresa, o cuidado necessário que deve ter na produção, e também pudemos visualizar tudo o que tínhamos até então visto teoricamente. 
Fomos recepcionados por um técnico, que nos acompanhou durante toda a visita, e nos explicou tudo de uma forma clara, que fazia com que pudéssemos entender todos os processos. O primeiro setor que visitamos foi a central de Balanças, que são automatizadas, o responsável digita o número do traço e volume a ser carregado no computador, que comanda o painel de controle. Caso aconteça algum problema com carga, o responsável entra em cena para resolver.
Em seguida fomos para a central de dosadoras, onde chegam as informações que constam na balança, nela é efetuada a pesagem de materiais, conforme determinado no traço. Nessas centrais estão presentes o silo de cimento, reservatórios para água e aditivo, balanças de cimento e agregados, hidrômetros, compressores e transportadores de correia.
Depois que é feita a dosagem dos materiais, eles são transferidos para um caminhão betoneira, onde é feito a mistura e homogeneização do concreto, tudo isso antes de ir para a obra.
Quando o caminhão com o concreto chegar na obra, deve ser verificado se o concreto está  conforme foi pedido. Deve-se conferir: volume do concreto, classe de agressividade, abatimento (slump-test), resistência característica do concreto à compressão ou consumo de cimento/m³, aditivo (quando solicitado).
 Outro cuidado importante, é antes de descarregar o caminhão-betoneira, verificar a quantidade de água existente no concreto, para ver se está compatível com as especificações (falta ou excesso de água). Isso pode ocorrer pois, quando o caminhão está indo para obra, é comum ocorrer perda na consistência do concreto, por fatores como, condições climáticas.
As regras para a reposição de água perdida por evaporação são especificadas pela NBR 7212 – Execução de Concreto Dosado em Central. Como regra geral, a adição de água não deve ultrapassar a medida do abatimento solicitada pela obra e especificada no documento de entrega do concreto.
 Também visitamos o laboratório, onde pudemos ver alguns exemplos de como ensaio de abatimento, amostras de concretos etc. Também conhecemos as peneiras utilizadas, corpos de prova e algumas máquinas.

Sobre a Supertex

A Supertex se instalou em Santa Maria, no Estado do Rio Grande do Sul, sua primeira extração de areia em 1974. De lá para cá são aproximadamente quatro décadas de uma história de sucesso.
Valores:
  • Agilidade
  • Modernidade
  • Valorização dos Colaboradores
  • Confiabilidade

Missão - Proporcionar soluções eficazes para construção civil de forma moderna, rentável, ágil e confiável, valorizando o relacionamento com clientes e fornecedores, o desenvolvimento dos colaboradores e o respeito ao meio ambiente.

 Confira alguma fotos:

Balança.
Central de dosadoras.




Agregados.
Brita.



Peneira.



Fotos: Alice Simone Frainer.

Bisous,


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coloque aqui sua dúvida, sugestão, opinião... obrigada por acessar o blog.

DESCOBRINDO AS CORES | GUIA DE CORES | EP 1

Olá pessoal!!! Hoje dou início a nossa primeira série de vídeos lá no canal!, o GUIA DE CORES!! Serão 5 vídeos, toda segunda-feira d...