Pular para o conteúdo principal

As novas tintas!


Graças à tecnologia, elas estão mais funcionais e inspiram a tarefa de pintar a casa – veja quais são as novidades.

Imagine se, além de colorir as paredes, a tinta também pudesse purificar o ar retirando gases nocivos à saúde do ambiente e devolvendo oxigênio. Ou mais: ao bloquear sinais wi-fi, impedisse hackers de invadir computadores e roubar informações pessoais. Parece distante? Pois essas tecnologias já existem – algumas delas dependem apenas de tempo até chegar às lojas e ao alcance do consumidor. Das primeiras inovações, que transformavam superfícies em quadros imantados ou em lousas escolares, muita coisa aconteceu. A boa notícia é que a pintura agora é uma atividade fácil, rápida e cheia de atributos tecnológicos.

1.Hiperlavável e sem compostos orgânicos voláteis, a Ecológica (Tintas Renner) violeta vale R$ 98,50 (3,6 litros), na Ideal Center Tintas. 2. Diante da luz negra, a Spray Premium Luminosa, da Lukscolor, brilha no escuro. O tubo laranja (350 ml) custa R$ 16. 3. A 5 em 1, da Eucatex, pinta, impermeabiliza, sela, combate microorganismos e elimina microfissuras. Vale R$ 49,90 (3,6 litros) na cor verde-lima. 4.Por impedir a multiplicação de micróbios, a Tinta higiênica (Universo) é ideal para espaços que pedem limpeza extra. Na cor menta, vale R$ 80 (3,6 litros). 5. Com baixo odor, a Suvinil AntiBactéria reduz até 99% das bactérias nas paredes por dois anos. Custa R$ 81 (3,24 litros) no tom tutti-frutti. 6. Manchas como as de Ketchup e café não afetam áreas cobertas pela Super Lavável (Coral). A lata com 3,2 litros da versão chá dançante custa R$67.

Para compor o mix de listras que evidencia o hall deste apartamento paulistano, o arquiteto Antonio Ferreira Junior se inspirou na alfaiataria lúdica do designer de moda inglês Paul Smith, ele elegeu alguns tons da paleta de tendências para 2012 da Suvinil e definiu as larguras das faixas no computador (de 5 a 20 cm) – delimitadas nas parede por fita crepe. A cor de fundo é a erva fina e as demais são azul-piscina, bala de uva,; carvão, crisântemo-amarelo, lápis –lazúli, mata virgem, níquel, rosa-chiclete, preto, rosa vermelha, veleiro e verde-bandeira. Com acabamento acetinado, a suscetível aos respingos.

1.Até mesmo cores escuras alcançam boa cobertura com apenas uma camada da MaxiCril Uma Demão. Na cor cereja, a tinta sai por R$ 95 (7,2 litros). 2. A tinta esmalte da Alessi tem base de água e baixo odor. Na cor verde-colonial, vale R$ 45 ( 3,6 litros). 3. Com secagem rápida e cobertura superior, a Clima Tempo (Sherwin-Williams) pode ser aplicada até em dias chuvosos. R$ 250(18 litros) na cor terracota  outono. 4. Basta uma demão com pistola para o Esmalte Sintético Alto Sólidos da Anjo tintas, cobrir toda a superfície. Apenas branco, vale R$ 85 (3,6 litros). 5. À base de água, a Acrílico Ultra, da Maza, é sem cheiro e emite poucos compostos orgânicos voláteis. O tom azul-atlântico, custa R$ 117 (18 litros).

Os pedidos dos clientes ainda são a maior fonte de inspiração para as indústrias. “A qualidade das tintas vendidas no Brasil não deve nada a de produtos americanos e da Europa. Isso prova a maturidade tanto da indústria nacional quanto do consumidor”, avalia Franco Faldini da DowCoating Materials, que fornece matérias-primas para os fabricantes. O ciclo de prosperidade da construção civil também impulsiona o crescimento do setor. “O desafio agora é orientar o usuário sobre a pintura ser uma boa forma de garantir a manutenção da casa”, observa  Gisele Bonfim, gerente técnica e de meio ambiente da Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas. E esse cuidado prova-se melhor quando o produto escolhido incorpora os avanços e as técnicas mais recentes. Números da entidade mostram que o crescimento das tintas padrão Premium é maior que o das standard e econômica. Entre lançamentos que apostaram na inovação está a tinta spray Camaleão, da Mundial Prime, que muda de tom conforme ângulo de visão – de cada uma das quatro cores básicas derivam outras duas. Destaque no item saúde, a Suvinil AntiBactéria é a primeira a receber aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por dificultar a proliferação de bactérias no ambiente durante dos anos, Já a Sherwin-Williams amenizou a dificuldade de pintar em dias úmidos e criou a Clima Tempo, que pode pegar chuva depois de 30 minutos sem manchar.

Esta parede em São Paulo já havia sido pintada com tinta própria para azulejos quando o SuperLimão Studio fez ali uma intervenção psicodélica. “Parece um cubo mágico” diz o Sergio Cabral. Eles mesclaram as tendências da Coral ao compor retângulos e quadrados. “Marcamos as áreas com fita crepe seguindo as placas cerâmicas” fala. Entre as 20 cores eleitas estão turquesa, vermelho picante, floresta do norte, inverno azul, rosa vivo e couro amarelado. O grupo usou tinta acrílica Super Lavável de alto rendimento e baixo odor.

Créditos: http://casa.abril.com.br/

Beijos Helo.
Hinteriores.








Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mostra Casa Chapecó traz conceito Urban Style – Morar inteligente, onde o essencial é a tendência

O morar bem exige sofisticação e elegância junto à funcionalidade. A Mostra Casa Chapecó vem para inspirar e traz como conceito o Urban Style – Morar Inteligente, onde o essencial é a tendência. Em sua primeira edição, o evento de arquitetura, decoração e paisagismo apresenta o estilo prático e refinado de se morar, com a mescla entre o moderno e o antigo, pautados no conceito que tomará conta dos ambientes da Mostra.
            De acordo com o coordenador de execução de obras da mostra e sócio da Ahazô Marketing e Eventos, João Paulo Santos, o evento vai mostrar elegância e modernidade aliado a personalidade das ruas para a residência. “A casa também pode ser o escritório, pois permite abrigar espaços artísticos e intelectuais de maneira integrada, reconectando com o centro da cidade e trazendo o jardim para dentro, com móveis minimalistas, mas funcionais”. Ressalta ainda que na Mostra, antiguidades e artigos contemporâneos se intercalam e o antigo encontra o novo.
Além de trazer as …

Em alta: Subway Tiles (Azulejos de metrô)

Já faz algum tempo que os subway tiles vem reconquistando seu espaço. Seja em banheiros, cozinhas e até outros ambientes, eles contrapõem os coloridos ladrilhos hidráulicos, e se diversificam nas novas formas de paginação. Com um aspecto mais simples porém não menos charmoso, se torna urbano, romântico, divertido, diferente. Um revestimento que está sendo usado de diversas formas.  Sua origem podemos dizer que veio dos subsolos/metrôs, principalmente de Paris e londres, e invadiram as residencias e comércios.


Encontramos ele presente também em um estilo de decoração que também está muito em alta, a decoração escandinava (veja aqui), com variedades de tons são aplicados em diversos ambientes. Retangulares nos dão várias opções de paginação, horizontal, vertical, diagonal... Sem contar que a escolha da cor do rejunte também influenciará sua intenção no projeto. O tradicional é o rejunte escuro, criando um estilo retrô e relembrando sua aplicação nos metrôs. Mas é possível também inovar…

CASACOR SC 2017, edição de Florianópolis, anuncia suas estrelas

A CASACOR SANTA CATARINA 2017 acontece de 10 de setembro a 22 de outubro, no casarão da Praça Getúlio Vargas, antigo Asylo de Órphãs São Vicente de Paulo da IDES (Irmandade do Divino Espírito Santo). Um imóvel centenário tombado pelo município, que já foi ocupado pelo IPUF, Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis. Ao todo serão 28 ambientes divididos em 3 pavimentos com espaços que vão desde 20m2 a 170m2.  Grandes nomes da arquitetura catarinense confirmaram presença neste grande evento.
Reconhecida e definida como a maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas, a CASACORtraz este ano como tema, o “Design mais perto das pessoas”, com projetos, soluções e ideias dos melhores profissionais do segmento, que levarão ao consumidor a preocupação com o design e sua função, forma, experiência e sobrevivência no cenário atual.
Com o foco no essencial, os franqueados Luiz e Francis Bernardo receberam a missão de transformar o imóvel centená…